UM ADEUS PARA IRACEMA

 

O mês de outubro ficou triste para o Centro de Estudos Históricos Caminhos das Tropas – CEHICAT – com o falecimento, no dia 3, da nossa diretora de patrimônio, Iracema de Quadros Nakasone. Como sócia fundadora da instituição, ela sempre esteve à frente das ações que marcaram os primeiros passos de nossa história. No ato de inauguração do museu tropeiro, ela disse presente, trazendo nas mãos uma preciosa obra do fotógrafo Sebastião Salgado para enriquecer a nossa biblioteca. Todo esse carinho, toda essa dedicação vinham de raízes bem profundas – ela era descendente de tropeiros, da clã dos Quadros, família de tradição de Carazinho e de Palmeiras das Missões, no rio Grande do Sul. Tinha grande respeito e especial carinho por seu pai, Bernardo Sampaio de Quadros, popularmente conhecido como Deco Domador, que veio para Laranjal Paulista e depois Sorocaba, ainda menino, acompanhando uma tropa de burros ao lado
do seu pai.

Nossa homenagem póstuma a Iracema. Paz a sua alma, conforto aos seus familiares.

Iracema entrega à biblioteca do Centro de Estudos Históricos
Caminhos das Tropas o livro de fotos, assinado por Sebastião Salgado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*